Equilíbrio é o novo sucesso?

A geração que nasceu nas décadas de 70 e 80 aprendeu que sucesso é carreira consolidada, dinheiro guardado, carro novo, filhos em escolas particulares, casa grande e viagens fantásticas. Mas manter esse padrão custa dinheiro e custa saúde!

Muitas frustrações e crises de ansiedade depois, a constatação é que essa vida supostamente perfeita é inalcançável. Simplesmente não dá para ter tudo. Sua carreira pode não ser tão bem sucedida quanto a da pessoa com quem você se compara. Mas aquela pessoa talvez tenha aberto mão de outros sonhos para crescer profissionalmente. Como então encontrar o equilíbrio? Abrir mão de quê, afinal?

Não existe resposta única e nem resposta fácil para essa pergunta. Aprender a viver com menos dinheiro é muito bonito na teoria, mas dificílimo na prática. Para que isso aconteça sem que se transforme em um outro fator de estresse, e bem grande, é necessário antes de tudo rever as escolhas. Eu realmente preciso de um carro ou posso usar o metrô? A minha casa pode ser menor? Há boas opções de escolas públicas ou mais baratas que a atual na minha região?

As reflexões sobre quanto espaço o trabalho ocupa e com que nível de dedicação ele é de fato exercido talvez sejam o caminho da resposta que menos é mais. E perguntas sinceras podem trazer as respostas sobre equilíbrio, valores e paz. Para mim a conclusão desta jornada foi que equilíbrio não vem de graça e não permanece. Precisa de atenção e revisão sempre. E a consciência para relacionar cada escolha com o sucesso, o meu sucesso, o melhor que posso ter.

Daniela Rezende

Atendimento Personalizado

Quer nos contratar e impulsionar o seu negócio?